O poder do JavaScript na construção de assistentes virtuais.

O poder do JavaScript na construção de assistentes virtuais.

Como o Java Script torna uma assistente virtual ainda mais inteligente

Quem tira suas dúvidas, faz compras ou tem problemas resolvidos em uma simples e rápida conversa com uma assistente virtual, muitas vezes não tem ideia da quantidade de processos, inteligência e linguagem de programação envolvidas, para que o diálogo seja o mais resolutivo e menos robótico possível.

Uma dessas formas de trazer mais inteligência para as conversas é a linguagem de programação Java Script. Você já conhece essa tecnologia?

JS

JavaScript ou JS, como é lido em sua forma abreviada, é uma linguagem de programação interpretada que permite adicionar conteúdos dinâmicos e manipular conteúdos de páginas da Web em tempo real.

Para saber mais sobre a história e os conceitos do JS, clique aqui.

Além de ter outras aplicações em diversos contextos como servidores, jogos e aplicativos, o JS também é um grande aliado dos desenvolvedores de assistentes virtuais.

Integrando qualquer API


Uma das principais funcionalidades de uma assistente é conseguir ser integrada a qualquer sistema para que seja possível automatizar processos ou cadastros, como consultar extratos ou realizar cotações em algum serviço online, por exemplo.

Com o JavaScript é possível manipular e formatar informações que a assistente requisita à uma API (um intermediário de software que permite que dois aplicativos conversem entre si), como em uma consulta de extrato, onde é feita uma requisição em uma API, a API retorna a lista de movimentos do cliente geralmente no formato JSON (acrônimo de JavaScript Object Notation), o desenvolvedor da assistente, então escreve o código em JavaScript que irá receber essa lista em JSON e fazer os devidos tratamentos, como formatar algum valor monetário ou remover valores desnecessários para, então, exibir a mensagem de uma forma mais agradável ao cliente.

Neste exemplo, o script está formatando um valor e retornando de uma API o formato ideal para exibir ao cliente:

Reconhecendo intenções

No desenvolvimento das assistentes também é importante levar em consideração que o usuário pode ser imprevisível e solicitar informações de pontos diferentes da conversa. Para impedir que o diálogo seja quebrado durante o fluxo, o JavaScript nos ajuda a mapear algumas intenções com pequenas frases, por exemplo, “cardápio”, “menu de programação”, “menu principal”, que nos ajuda a reconhecer a intenção do usuário sem a necessidade de solicitar o processamento da frase em uma IA (Inteligência Artificial).


Interpretando informações

Nas assistentes virtuais como a Izi, da Guide121, ou mesmo a Alexa, uma assistente de voz, o JavaScript é uma das principais ferramentas que contribuem no desenvolvimento, para que a experiência do usuário seja a mais natural e fluida possível.

Por exemplo, quando é solicitado ao cliente que informe uma data ou horário, a assistente pode ter um sistema integrado de agendas ou consultas onde é obrigatório que a informação chegue em um formato específico.

Na conversa com a assistente, a pessoa pode digitar ou dizer a data de diversas formas. Cabe ao desenvolvedor, com a ajuda do JavaScript, escrever o código que irá interpretar a informação dada pelo usuário e devolvê-la de uma forma que o sistema ao qual a assistente estiver integrada entenda.


A evolução constante das assistentes

Claro que a evolução da inteligência das assistentes passa muito pelo avanço tecnológico. Mas saber usar com criatividade e inteligência as soluções possíveis dentro de uma linguagem como JavaScript é fundamental para que a experiência dos usuários seja cada vez melhor.

Por isso, o time de especialistas em desenvolvimento da Guide121 está sempre trazendo novas formas de tornar as assistentes inteligentes, eficientes e resolutivas, através de todos os recursos disponíveis.

Se quiser saber mais sobre como funcionam as assistentes, agende agora uma demonstração.